UFSC disponibiliza infraestrutura para combate à Covid-19

24/03/2020 17:06

A Administração Central da UFSC encaminhou ofícios ao Governo do Estado de Santa Catarina e à Prefeitura Municipal de Florianópolis nesta sexta-feira, 20 de março, para oferecer ajuda no combate à pandemia de Covid-19. O reitor Ubaldo Cesar Balthazar ofereceu as sedes da instituição, apoio ao atendimento de ligações telefônicas, entre outros recursos.

(mais…)

Dicas de compras de alimentos em época de Covid-19

24/03/2020 17:05

Uma cartilha para a compra de alimentos em época de Covid-19 foi divulgada pela Teia de Articulação pelo Fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional (TearSAN), grupo de pesquisa do departamento de Nutrição da UFSC. São dicas de como planejar e armazenar um estoque de alimentos para uma nutrição saudável. Confira as dicas preparadas pelas alunas Luiza Pigozzi e Beatriz Vitorino (bolsistas do Pró-Bolsas), com orientação das professoras do curso de Nutrição Claudia Soar e Cristine Garcia Gabriel:

(mais…)

ABRASCO subscreve nota de entidades científicas pedindo liberação de recursos para CNPq

21/03/2020 13:01

A carta é endereçada ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, solicitando a liberação dos recursos provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) que deveriam ser destinados ao fomento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As entidades apontam que os recursos para investimento do CNPq, que na Lei Orçamentária Anual foram de R$ 79,3 milhões, não aparecem no Plano Anual de Investimentos 2020 para Recursos Não Reembolsáveis, apresentado pelo MCTIC para discussão e aprovação na próxima reunião do Conselho Diretor do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

Além disso, a carta observa que a ausência dos recursos na proposta do MCTIC é surpreendente, uma vez que se trata de compromissos já assumidos pelo CNPq. O documento será apresentado pelos representantes da comunidade científica na próxima reunião Conselho Diretor (CD) do FNDCT, que acontece no dia 25 de março, e também a outras entidades científicas do País.
Veja o documento na íntegra.

Informação e debate qualificado são essenciais para a avaliação e orientação

12/03/2020 21:15

Com a elevação à categoria de pandemia, anunciada na quarta-feira, 11 de março, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e a divulgação de 63 novos casos oficiais no Brasil na manhã desta quinta-feira, o coronavírus (SARS-CoV-2) chega para ficar no cenário nacional, e com ele, a doença nomeada Covid-19, infecção respiratória de novo tipo, de circulação inédita e global.

(mais…)

Estudo sobre hábitos alimentares dos brasileiros já conta com material de divulgação

12/03/2020 09:03
A pesquisa NutriNet acompanhará, por uma década, as características alimentares dos residentes no país
Os materiais de divulgação do estudo NutriNet Brasil, que vai mapear a cultura alimentar brasileira, já estão disponíveis para impressão. A pesquisa foi iniciada em janeiro e acompanhará, por dez anos, características da alimentação e do estado de saúde de 200 mil pessoas. Coordenado pelo Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Faculdade de Saúde Pública da USP (Nupens/USP), em parceria com o Ministério da Saúde, o NutriNet busca identificar os principais padrões de alimentação praticados nas várias regiões do país e analisar sua relação com o risco de doenças crônicas, que afetam milhões de brasileiros.

Saiba mais sobre a pesquisa e ajude a divulgá-la clicando aqui.

III Seminário Alimentação Escolar e Sustentabilidade

12/03/2020 09:02

Dia 2 de abril acontece o III Seminário Alimentação Escolar e Sustentabilidade no Centro Cultural da UFRGS. Compreendemos que a alimentação vai muito além de atender demandas calóricas. As nossas escolhas alimentares têm repercussões sobre os processos de desenvolvimento, sobre o meio ambiente, as formas de fazer agricultura, a inclusão social, a valorização cultural e a redução das desigualdades sociais.

Na Virada Sustentável 2020, a alimentação escolar será discutida. Para conferir mais informações e se inscrever, acesse o link abaixo.

INSCREVA-SE

 

Confira a programação:

9h abertura – em parceria com Festival Outono Sustentável da UFRGS

Mesa de saudações com representantes:

  • UFRGS

  • FAMURS

  • Virada Sustentável Porto Alegre

  • Frente Parlamentar Gaúcha em Defesa da Alimentação Saudável

9h30: Painel 1 – Estado e Alimentação Escolar  

Mediação: Deputado Estadual Edegar Pretto – Frente Parlamentar Gaúcha em Defesa da Alimentação Saudável

  • Renata Mainenti Gomes –  Coordenadora de Educação e Controle Social do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)

  • Luciane Dias de Oliveira – Coordenadora de Gestão do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Escolar  (CECANE)

  • Cátia Grisa – Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Pesquisadora do Grupo de Estudos em Agricultura, Alimentação e Desenvolvimento (GEPAD)

11h: Painel 2 – Saúde e Sustentabilidade na Alimentação 

Mediação: Juliano de Sá – Presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do Rio Grande do Sul (CONSEA)

  • Patricia Gentil – nutricionista do Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC) e representante da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável

  • Lisete Griebeler Souza – nutricionista e integrante da Direção da  Associação Gaúcha de Nutrição (AGAN)

  • Potira Preiss – Pesquisadora Pós-Doc no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR/UNISC) e Pesquisadora do Grupo de Estudos em Agricultura, Alimentação e Desenvolvimento – (GEPAD/UFRGS)

12h30: Almoço

Praça de Alimentação – Festival Outono Sustentável da UFRGS

14h: Painel 3 – Fomentando ambientes escolares inovadores
Mediação: Fátima Ehlert – FAMURS

  • Eduardo Rocha – Administrador do Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (CEPAGRO)

  • Samanta Sparremberger – nutricionista da Prefeitura Municipal de Itati

  • Carla Tarasconi e Ana Romero – Programa Saúde na Escola/ Crescer Saudável – Secretaria Estadual de Saúde – 1ª Coordenadoria Regional de Saúde

15h30: Painel 4 – A culinária brasileira no prato escolar
Mediação: Jussara Dutra – Virada Sustentável

  • Irany Arteche – Nutricionista, mestre em   fitotecnia e criadora do termo PANC

  • Regina Tchelly – Chef de Cozinha, Coordenadora e Idealizadora do Projeto Favela Orgânica – RJ

17h: encerramento

(mais…)

Nota de repúdio da ACT e Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável ao Decreto n.º 10.254/2020 – crédito de IPI para refrigerantes

10/03/2020 21:02

Abaixo, nota de repúdio da ACT e da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável ao Decreto nº. 10.254/2020, que duplicou o crédito de IPI para a produção de refrigerantes de 1º de junho de 2020 à 30 de novembro de 2020.

 Com o Decreto nº. 10.254/2020, houve, pela terceira vez desde 2018, uma suspensão da aplicação da alíquota de 4% para a produção de extratos concentrados ou sabores concentrados utilizados na elaboração de refrigerantes, prevista no Decreto nº. 9.394/2018.

 Entendemos que a aplicação da alíquota de 4% é adequada, pois diminui o valor do crédito tributário a ser utilizado por empresas produtoras de refrigerantes nas demais fases da cadeia produtiva.

 A discussão sobre os subsídios fiscais concedidos a refrigerantes e outras bebidas adoçadas é fundamental para a tributação efetiva desses produtos com o objetivo de reduzir o seu consumo, que é uma medida reconhecida para o combate à epidemia de obesidade, em curso no Brasil e no mundo, e reconhecida pela Organização Mundial da Saúde.

 http://actbr.org.br/post/nota-de-repudio-aos-subsidios-fiscais-para-refrigerantes-pelo-decreto-n-102542020/18318/

A jovem cientista da escola pública que chegou onde nenhum brasileiro chegou

09/03/2020 15:06

Premiada aos 19 anos, Juliana Estradioto desenvolveu um plástico a partir da casca da macadâmia e ganhou um asteroide para chamar de seu. “Devemos nos inspirar nas mulheres que estão à nossa volta, como amigas e professoras”, diz

Foi graças à casca do maracujá que a estudante Juliana Estradioto, 19, viajou de avião pela primeira vez. Em 2017, ela saiu de Osório, um pequeno município de 45.000 habitantes no Rio Grande do Sul, para ir até São Paulo apresentar seu projeto científico: um plástico biodegradável feito a partir dos restos da fruta. Da primeira viagem de avião para cá, Juliana desenvolveu outros projetos, ganhou prêmios, viajou para a Suécia, onde participou da entrega do prêmio Nobel, patenteou outra descoberta e entrou na universidade. Tudo na velocidade de um asteroide. Talvez o seu próprio, já que ela é a única brasileira a ter um asteroide com seu nome, fruto de um prêmio internacional que recebeu por suas descobertas.

Leia na íntegra.

UFSC orienta comunidade universitária sobre o novo coronavírus

03/03/2020 18:54

Apesar de não haver casos confirmados do novo coronavírus no estado de Santa Catarina, os governos locais e instituições já promovem ações para minimizar o risco de que a doença provocada por ele, Covid-19, se espalhe. O primeiro semestre letivo de 2020 começa, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), nesta quarta-feira, 4 de março, quando são esperados mais de 30 mil estudantes.

“A Universidade é local de ensino, pesquisa e extensão. É nosso dever e missão disseminar informações à nossa comunidade e fazê-las chegar à sociedade”, salienta o reitor Ubaldo Cesar Balthazar. “Assim, acreditamos que é necessário preparar a nossa comunidade para termos um início de semestre tranquilo, porém consciente, com a adoção de algumas medidas básicas que já ajudam muito a evitar que essa doença chegue e se propague”, ressalta.

Leia na íntegra.

Existe um veganismo insano (e é cada vez mais comum)

17/02/2020 15:01

Na busca pelo equilíbrio entre saúde, conveniência e sustentabilidade, muitas pessoas encontraram um excelente alívio nos pré-cozidos veganos (inquestionavelmente mais amigáveis com o planeta, segundo o imaginário popular), feitos para tornar essa dieta mais saborosa, sofisticada e variada –e até idêntica em nome, gosto e textura ao menu carnívoro, para não sentir sua falta–, com pouco ou nenhum esforço na cozinha, enquanto acreditam que estão cuidando de seu organismo. Mas não é o que parece.

Continue a leitura na fonte.

Mulheres são maioria das doutoras em letras, artes e saúde

13/02/2020 19:24

O Brasil tem ao menos 77,8 mil pesquisadores nas cinco maiores áreas de conhecimento que declararam ter doutorado na Plataforma Lattes, de acordo com um levantamento feito pelo Open Box da Ciência. Entre eles, 46.501 ou 59,69% são homens e 31.394 ou 40,3% são mulheres.

A plataforma Lattes é uma base de dados alimentada pelos próprios pesquisadores com informações sobre seus currículos e grupos de pesquisa dos quais participam. De acordo com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o currículo Lattes se tornou um padrão nacional sobre a carreira dos cientistas. O Open Box da Ciência foi lançado nesta quarta-feira (12) em São Paulo.

A pesquisa abrange as áreas de linguística, letras e artes; engenharias; ciências sociais aplicadas; ciências exatas e da terra; e ciências da saúde.

Leia na íntegra.

Incentivo fiscal a agrotóxicos é injustificável: relatório da Abrasco subsidia imprensa – ABRASCO

13/02/2020 19:23

O relatório “Uma política de Incentivo fiscal a agrotóxicos no Brasil é injustificável e insustentável”, produzido pela GT Saúde e Ambiente da Abrasco, subsidiou uma reportagem investigativa da  Agência Pública / Repórter Brasil: Bolsa-agrotóxico’: empresas recebem isenções de impostos de R$ 10 bilhões ao ano .  A partir do documento da Abrasco, a equipe de jornalistas apurou que as empresas que produzem e comercializam agrotóxicos no Brasil são beneficiadas com um pacote de isenções fiscais que somam “mais que o dobro do que o SUS gastou em 2017 para tratar pacientes com câncer”.

No relatório  os cientistas afirmam que se a justificativa para as reduções de impostos é  a segurança alimentar e o combate à fome, “seria mais razoável subsidiar não o uso de agrotóxicos na produção, e sim diretamente o consumo do alimento”. Leia, abaixo, trechos da matéria, também publicada no UOL.

Leia na íntegra.

Isenção a agrotóxico é quase 4 vezes a verba do Ministério do Meio Ambiente

12/02/2020 08:33

As empresas que produzem e vendem agrotóxicos no Brasil operam embaladas por um pacote de benefícios que, somente com isenções e reduções de impostos, soma quase R$ 10 bilhões por ano. O estudo que revela essa cifra foi produzido pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), por pesquisadores da Fiocruz e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). O valor que o governo federal e os estados deixam de arrecadar com a isenção fiscal aos pesticidas é equivalente a quase quatro vezes o orçamento total previsto para o Ministério do Meio Ambiente neste ano (R$ 2,7 bilhões) e mais que o dobro do que o SUS gastou em 2017 para tratar pacientes com câncer (R$ 4,7 bilhões).

Leia na íntegra.

Nota conjunta da Saúde Coletiva e da Bioética em apoio às pessoas vivendo com HIV

10/02/2020 09:00

A ABrES, a ABRASCO, O CEBES, a Rede Unida e a SBB vem a público manifestar seu repúdio às inadmissíveis declarações do Presidente da República em entrevista divulgada em 5 de fevereiro de 2020 , quando afirmou que “uma pessoa com HIV … é despesa para todos aqui no Brasil” e que “esta liberdade que pegaram ao longo (sic) do PT que vale tudo chega a este ponto, uma depravação total”.

Leia aqui a nota completa.

Edital de Contratação de Professor substituto NTR

07/02/2020 17:05

Informamos que foi publicado o Edital Nº 05/2020/DDP visando a contratação de um/a professor/a substituto/a para o Departamento de Nutrição.

Departamento de Nutrição – NTR
Campo de conhecimento: Nutrição; Alimentação Coletiva
Nº de vagas: 01 (uma).
Regime de Trabalho: 40 (quarenta) horas semanais
Requisitos: Graduação em Nutrição e Mestrado ou Doutorado em Ciências da Saúde ou Ciências Biológicas ou Ciências Humanas ou Ciências Agrárias ou Ciências Sociais Aplicadas ou Engenharia.

A inscrição deverá ser realizada somente via e-mail (ntr@contato.ufsc.br), no período compreendido entre 10/02/2020 e 14/02/2020 (até às 17 horas – não serão aceitas inscrições recebidas após esse horário).

Por gentileza divulguem para possíveis interessados.

Acesse o edital aqui. Cronograma do concurso será divulgado na próxima semana.

Rumo à Conferência Nacional Popular, Democrática e Autônoma por Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional

07/02/2020 09:40

A Conferência Nacional Popular, Democrática e Autônoma por Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (CNPDA-SSAN) será realizada nos dias 4, 5 e 6 de Agosto de 2020, em São Luis, Maranhão.

A Conferência é uma resposta da sociedade civil brasileira à ruptura causada pelo atual Governo Federal que extinguiu o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA) e desarticulou a Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN), desmontando o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) e deixando de realizar a 6ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional que havia sido convocada para novembro de 2019.

A decisão de nos mobilizarmos, em um exercício de autonomia da sociedade civil de âmbito nacional, busca enfrentar essa ruptura, que é parte da ofensiva mais geral contra a democracia e os direitos sociais em curso no Brasil, que tem entre seus alvos o desmonte de políticas públicas com participação social e de ações afirmativas. Ao longo do processo preparatório para a Conferência iremos sensibilizar a sociedade brasileira, em geral, e a militância engajada nas causas da SSAN para a gravidade do momento pelo qual passamos. Ao mesmo tempo, nos somamos às demais lutas de resistência ao autoritarismo, contra o racismo, o genocídio da juventude e dos povos indígenas, o feminicídio, a intolerância religiosa, os ataques à ciência, e pelo resgate da democracia e dos direitos sociais no Brasil.

Leia na íntegra.

Building momentum: lessons on implementing robust restrictions of food and non-alcoholic beverage marketing to children

07/02/2020 09:39

The third report in this series provides advice to policymakers about designing and implementing restrictions around marketing food and non-alcoholic beverages high in fat, sugar and salt (HFSS) to children. This includes how to use a rights-based approach and overcome challenges such as industry interference and policy inertia.

It seeks to equip policymakers with overarching guidance on how to design robust restrictions of marketing HFSS food and non-alcoholic beverages to children and highlights that protecting children from harmful marketing practices is a human rights issue. Case studies are included throughout the report from countries that are in the process of implementing, or have already implemented, policies restricting the marketing of HFSS foods or beverages to children.

Download the report.